quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A LIGA ÁRABE NAS PROFECIAS BÍBLICAS

Israel é combatido desde que passou a existir. Isso acontece mesmo sendo o único  país democrático no Oriente Médio. Os judeus contribuíram muito para o bem-estar dos povos. Haja vista, a maioria dos detentores do prêmio nobel é judia. Mas existe uma antipatia generalizada para com Israel, que objetivamente é infundada. Os judeus já eram antagonizados e odiados mesmo antes de tomarem seu próprio território; eles são odiados desde sempre. Qual a razão ? Resposta: quem carrega a bênção de Deus está debaixo da maldição dos povos. Os judeus são portadores de bênçãos para as nações, pois    eles nos trouxeram o Cristo. Por isso eles são o povo escolhido de Deus.

Jesus veio ao mundo como judeu, morreu  e foi sepultado em Jerusalém. Lá Ele ressuscitou, e de lá subiu ao céu. E do céu Ele voltará para Israel. (também Elias e Enoc foram arrebatados e na assunção do Cristo estiveram presentes; são as duas testemunhas). Conforme dito por João, em Jo 4:22 "A salvação vem dos judeus".


Essas dez nações  resumem a inimizade mundial das nações árabes contra Israel, que tem sua origem em Edom e Ismael.

EDOM = Jordânia do Sul
ISMAEL = Grande parte do mundo árabe
MOABE = Jordânia central
HAGARENOS = Egito (Hagar)
GEBAL = Líbano superior
AMOM = n orte da Jordânia
AMALEQUE = Península do Sinai
FILÍSTIA = Faixa de Gaza (palestinos)
TIRO = Líbano
ASSÍRIA = Iraque/Síria
Mas fiquemos tranquilos, pois está escrito em Isaías 41:11:


"Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram  contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão".

Napoleão I disse durante uma campanha militar  há 200 anos: "a história mundial não será decidida   no Ocidente, mas no Oriente !"
 
Em 14 de abril de 2006 Ahmadinejad, falando a uma conferência em apoio à Autoridade Palestina do Hamas, disse: (...) "o regime sionista caminha para a aniquilação. O regime sionista é uma árvore podre e ressecada, que será eliminada por uma tempestade.
 
LISTA DOS 10 MAIS PROCURADOS DE DEUS
(os protagonistas antigos que estarão presentes na guerra Gogue-Magogue)
 
QUEM invadirá ?  Ezequiel 38:1-7
1 VEIO a mim a palavra do Senhor, dizendo:

2 Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele.

3 E dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal;

4 E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos, e te levarei a ti, com todo o teu exército, cavalos e cavaleiros, todos vestidos com primor, grande multidão, com escudo e rodela, manejando todos a espada;

5 Persas, etíopes, e os de Pute com eles, todos com escudo e capacete;

6 Gômer e todas as suas tropas; a casa de Togarma, do extremo norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo.

7 Prepara-te, e dispõe-te, tu e todas as multidões do teu povo que se reuniram a ti, e serve-lhes tu de guarda.

ONDE ?  Ezequiel 38:8
Depois de m uitos dias serás visitado. No fim dos anos virás à terra que se recuperou da espada, e que foi congregada dentre muitos povos, junto aos montes de Israel, que sempre se faziam desertos; mas aquela terra foi tirada dentre as nações, e todas elas habitarão seguramente.

QUANDO ? Ezequiel 38:8-11
8 Depois de muitos dias serás visitado. No fim dos anos virás à terra que se recuperou da espada, e que foi congregada dentre muitos povos, junto aos montes de Israel, que sempre se faziam desertos; mas aquela terra foi tirada dentre as nações, e todas elas habitarão seguramente.
9 Então subirás, virás como uma tempestade, far-te-ás como uma nuvem para cobrir a terra, tu e todas as tuas tropas, e muitos povos contigo.
10 Assim diz o Senhor Deus: E acontecerá naquele dia que subirão palavras no teu coração, e maquinarás um mau desígnio,
11 E dirás: Subirei contra a terra das aldeias não muradas; virei contra os que estão em repouso, que habitam seguros; todos eles habitam sem muro, e não têm ferrolhos nem portas;

POR QUE ?  Ezequiel 38:12-16
 12 A fim de tomar o despojo, e para arrebatar a presa, e tornar a tua mão contra as terras desertas que agora se acham habitadas, e contra o povo que se congregou dentre as nações, o qual adquiriu gado e bens, e habita no meio da terra.
13 Sebá e Dedã, e os mercadores de Társis, e todos os seus leõezinhos te dirão: Vens tu para tomar o despojo? Ajuntaste a tua multidão para arrebatar a tua presa? Para levar a prata e o ouro, para tomar o gado e os bens, para saquear o grande despojo?
14 Portanto, profetiza, ó filho do homem, e dize a Gogue: Assim diz o Senhor Deus: Porventura não o saberás naquele dia, quando o meu povo Israel habitar em segurança?
15 Virás, pois, do teu lugar, do extremo norte, tu e muitos povos contigo, montados todos a cavalo, grande ajuntamento, e exército poderoso,
16 E subirás contra o meu povo Israel, como uma nuvem, para cobrir a terra. Nos últimos dias sucederá que hei de trazer-te contra a minha terra, para que os gentios me conheçam a mim, quando eu me houver santificado em ti, ó Gogue, diante dos seus olhos.

O QUE ACONTECERÁ ? Ezequiel 38:17: 39:24 17 Assim diz o Senhor Deus: Não és tu aquele de quem eu disse nos dias antigos, por intermédio dos meus servos, os profetas de Israel, os quais naqueles dias profetizaram largos anos, que te traria contra eles?





Ezequiel 39
24 Conforme a sua imundícia e conforme as suas transgressões me houve com eles, e escondi deles a minha face.

 
Como devemos reagir ?
 
1) Gogue = Rússia
2) Magogue (Citas) = Ásia Central
3) Rôs, Rus, Rasapu = Rússia
4) Meseque (Mushki) = Turquia
5) Tubal = outra parte da Turquia
6) Pérsia = Irã
7) Cuxe =  Sudão
8) Pute   = Líbia
9) Gomer/Cimérios = Turquia
10) Togarma (Til-Garimmu) = Turquia

A luta por Jerusalém e contra o Estado de Israel, assim como vivenciamos hoje, Deus já anunciou 520 anos antes ded Cristo: 

2 Eis que eu farei de Jerusalém um copo de tremor para todos os povos em redor, e também para Judá, durante o cerco contra Jerusalém.



3 E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a carregarem certamente serão despedaçados; e ajuntar-se-ão contra ela todo o povo da terra.

A profecia diz que primeiro Jerusalém será um cálice de tontear para todos os países ao seu redor. Hoje esses países são m uçulmanos. As escaramuças da Liga Árabe com Israel obrigatoriamente envolvem as demais nações no conflito por Jerusalém.

O conflito que observamos hoje está adequado à descrição profética que a Bíblia faz.

No Salmo 83:2-8 encontramos a Liga Árabe com suas exigências:


2 Porque eis que teus inimigos fazem tumulto, e os que te odeiam levantaram a cabeça.

3 Tomaram astuto conselho contra o teu povo, e consultaram contra os teus escondidos.
4 Disseram: Vinde, e desarraiguemo-los para que não sejam nação, nem haja mais memória do nome de Israel.

5 Porque consultaram juntos e unânimes; eles se unem contra ti:

6 As tendas de Edom, e dos ismaelitas, de Moabe, e dos agarenos,

7 De Gebal, e de Amom, e de Amaleque, a Filístia, com os moradores de Tiro;

8 Também a Assíria se ajuntou com eles; foram ajudar aos filhos de Ló. (Selá.)


A Jihad final.


sábado, 11 de dezembro de 2010

É NATAL


Filho de Deus
O Messias
Emanuel (Deus conosco)
O Servo Sofredor
Amigo dos pecadores
Mestre dos Mestres
Rei da Glória
Senhor dos Senhores
Sol da Justiça
O Pão  da Vida
A Luz do Mundo
O Pão Vivo que desceu do Céu
Ele é chamado o caminho -a verdade-a vida
Ele é a razão da nossa Esperança

Dentre tantos títulos e tantos nomes atribuídos a JESUS, destaco um em especial: o Cordeiro de Deus.

Em Gn 22:8, Abraão estava  prestes a oferecer o seu filho Isaac em holocausto, quando Deus providenciou um cordeiro para morrer em seu lugar.

I  - JESUS É O CORDEIRO SUBSTITUTO

Profeticamente, Jesus é o cordeiro substituto; suficiente para substituir a mim e a você. Ele veio ao mundo para tomar o nosso lugar. Ele colocou sobre Si  mesmo as nossas transgressões, nossos pecados   morrendo em nosso lugar, em nosso favor, para que possamos viver eternamente.
Como um cordeiro mudo e sem defeito, Ele foi para o calvário, voluntariamente, e não abriu a Sua boca. Foi desta forma que o Profeta Isaías, 700 anos antes de Cristo profetizou a Sua vinda.

2) O CORDEIRO SUBSTITUTO DA FAMÍLIA
Ex  12: aqui, prefiguradamente, Jesus é o cordeiro substituto para uma  família. Quando os hebreus estavam saindo do cativeiro egípcio, depois de 430 anos de escravidão, diz a Palavra de Deus   que na noite da libertação, Deus ordenou a Moisés  que orientasse todos os hebreus a sacrificar o cordeiro da páscoa e o seu sangue devia ser aspargido no batente das portas . O Anjo de Deus   que traria juízo sobre o Egito passaria por todas as casas e  onde houvesse o sangue do cordeiro, aquela família seria poupada.


Os hebreus foram poupados, não por seus méritos, não por suas boas obras  mas pelo sangue do cordeiro. Da mesma forma, Jesus é o nosso Cordeiro. Nas palavras de João Batista, o precursor do Messias, Jesus é o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo (Jo 1:29). Não somos salvos porque pertencemos a esta ou àquela denominação religiosa. O sangue de Jesus é o sinal da nossa redenção.


3) O SERVO SOFREDOR
Em Is 53, o Profeta  está falando do servo sofredor. E neste momento, Jesus nos é apresentado  - como cordeiro  - que veio ao mundo não para viver  mas para morrer. Por ser o Cordeiro de Deus, não nasceu em berço de ouro mas num berço de palha;  nem em palácio mas numa estrebaria. Em sua idade adulta, bebeu sozinho o cálice amargo da ira de Deus, que nos era  destinada.
Isaías 53, diz que Deus fez cair sobre Jesus  a iniquidade de todos nós.

3 Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.



4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.


5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.


6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.


7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.

A cruz do calvário  é o palco onde brilha, de forma fulgurante, o amor de Deus por nós, porque:

14  E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;



15 Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

4) A PALAVRA DE DEUS PROSSEGUE
Jesus vinha ao encontro de João Batista, o precursor do Messias. Ele havia preparado o caminho para que o seu primo Jesus, surgisse e se apresentasse como nosso  Redentor. E então , na presença de Jesus, João Batista declarou:
"Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo".

Na cultura judaica, quando o cordeiro era imolado, o era involuntariamente. Deus  deu  o Seu Filho Unigênito para salvação dos pecados mas Jesus  derramou  o Seu sangue voluntariamente, por amor a nós.

Ele não foi à cruz porque Judas O traiu;
ou porque a turba  gritava: crucifica-o !
ou porque Pilatos O sentenciou à morte;
ou porque os soldados romanos, de forma desumana O torturaram e O pregaram na cruz.
Ele morreu na cruz, entregando-se voluntariamente em nosso lugar .

Ele é o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo.

Este é o aniversariante no Natal comemorado pela cristandade !



 

BIBLIOGRAFIA
Preleção do Rev. Hernandes Dias Lopes
Igreja Presbiteriana Campinas

domingo, 5 de dezembro de 2010

PARALELO ENTRE O PARALÍTICO DE BETESDA E ISRAEL

Existe íntima relação entre o episódio ocorrido no tanque de Betesda, entre um paralítico (que aguardava a descida de um anjo para agitar a água e ele ser curado, quando mergulhasse nela) e a História de Israel.

Naquele tanque havia muitos doentes que, ansiosamente, aguardavam ser curados. Dentre eles, um paralítico, enfermo há trinta e oito anos. Jesus passou entre eles mas achegou-se a este último, não por acaso. Havia uma relação com a História de Israel : sua dispersão e retorno à Terra Prometida.

Conforme o Evangelho escrito por João, o Evangelista, no Capítulo 5, lemos:

1 Depois disto havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.

2 Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.

3 Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.

4 Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.

5 E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.

6 E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?

7 O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.

8 Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda.

9 Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado.

14 Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior.

15 E aquele homem foi, e anunciou aos judeus que Jesus era o que o curara.

16 E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado.

Quando os hebreus partiram do Egito para a Terra que Deus lhes prometeu através dos seus antepassados, tudo transcorreu dentro da normalidade, construíram o Tabernáculo e em dois anos estavam na fronteira com Canaã. Todavia, porque pecaram, Deus retardou o seu acesso, fazendo-os peregrinar pelo deserto por trinta e oito anos.

Deuteronômio 2:14

14 E os dias que caminhamos, desde Cades-Barnéia até que passamos o ribeiro de Zerede, foram trinta e oito anos, até que toda aquela geração dos homens de guerra se consumiu do meio do arraial, como o Senhor lhes jurara.

Jesus perguntou ao paralítico: queres ser curado ? Parece uma pergunta que reclama uma resposta óbvia mas Jesus queria ouvir de sua própria voz: “Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim”.

Israel sofre a mesma dificuldade em relacionar-se com as nações, exceto com os americanos e conta, esporadicamente com o apoio de europeus.

O que fez o presidente do Brasil ao visitar Israel ? Negou-se a visitar o túmulo de Theodor Herzl, pai do sionismo mas fez questão de depositar uma coroa de flores no túmulo de Yasser Arafat, vestindo uma kufia (lenço usado pelos árabes).

Enfrenta oposições do Irã, da Escandinávia, da Europa, da Venezuela e as profecias dão conta de que no futuro Israel ficará completamente só. Então Jesus voltará (e há muitos indícios disto), trazendo uma renovada esperança ao seu povo.

No Evangelho consta que Jesus esteve com o paralítico por duas vezes: a primeira no tanque de Betesda e a segunda no Templo.
”Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior”.

Na vez primeira, Jesus restaurou o seu físico. Sem alarde, sem chamar a atenção de ninguém, num minuto. Da segunda vez, restaurou-o espiritualmente. “Não peques mais”. E o homem saiu contando a todos que Jesus o havia curado. Depois veio a indignação dos fariseus:

E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado.

No Israel contemporâneo, os fariseus são os judeus ortodoxos, inflexíveis quanto ao reconhecimento de Jesus como Messias de Israel.

“Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus” (Jo 5:18).

Consideremos três coisas:

1) Jesus procurou o paralítico e não o contrário;

2) Jesus chamou sua atenção para o pecado;

3) O homem reconheceu a Jesus e O anunciou como aquele que o curou.

Deus agirá assim com Israel.
O Deus de Abraão, Isaac e Jacó restabeleceu Israel em sua forma física em maio de 1948.

Antes disso, 6.500.000 judeus foram mortos no holocausto; os bancos das praças públicas na Alemanha e por toda a Europa traziam inscrições “proibido a judeus”; promoviam boicotes em todo o mundo, como ainda hoje tem ocorrido. FORAM PERSEGUIDOS E O MUNDO SE CALOU . Eles esperavam que finalmente a água das nações se movimentasse mas não encontraram quem os ajudasse a se banhar no tanque de Betesda.

Mas três anos após o holocausto, o povo judeu recebeu nova vida, nova força, nova pátria. É como se Deus quisesse lhes dizer: levanta, toma a tua cama e anda.

Em Jo 5:43, lemos:

43 Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis.

O Anticristo subjugará a Israel mas Jesus voltará a Betânia, ao Monte das Oliveiras, procurará o Seu povo e então Israel O reconhecerá como enviado do Pai para o salvar.

João 5 é semelhante a Jeremias 33, que diz:

7 E removerei o cativeiro de Judá e o cativeiro de Israel, e os edificarei como ao princípio.

8 E os purificarei de toda a sua maldade com que pecaram contra mim; e perdoarei todas as suas maldades, com que pecaram e transgrediram contra mim;

Foram curados fisicamente em maio de 1948 e, espiritualmente, quando Jesus voltar para os resgatar das garras das nações.

Quanto às nações ...

Ezequiel 38
20 De tal modo que tremerão diante da minha face os peixes do mar, e as aves do céu, e os animais do campo, e todos os répteis que se arrastam sobre a terra, e todos os homens que estão sobre a face da terra; e os montes serão deitados abaixo, e os precipícios se desfarão, e todos os muros desabarão por terra.


21 Porque chamarei contra ele a espada sobre todos os meus montes, diz o Senhor Deus; a espada de cada um se voltará contra seu irmão.


22 E contenderei com ele por meio da peste e do sangue; e uma chuva inundante, e grandes pedras de saraiva, fogo, e enxofre farei chover sobre ele, e sobre as suas tropas, e sobre os muitos povos que estiverem com ele.


23 Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me darei a conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o Senhor.


Ezequiel 39
7 E farei conhecido o meu santo nome no meio do meu povo Israel, e nunca mais deixarei profanar o meu santo nome; e os gentios saberão que eu sou o Senhor, o Santo em Israel.




8 Eis que vem, e se cumprirá, diz o Senhor Deus; este é o dia de que tenho falado.


22 E saberão os da casa de Israel que eu sou o Senhor seu Deus, desde aquele dia em diante.


23 E os gentios saberão que os da casa de Israel, por causa da sua iniqüidade, foram levados em cativeiro, porque se rebelaram contra mim, e eu escondi deles a minha face, e os entreguei nas mãos de seus adversários, e todos caíram à espada.


28 Então saberão que eu sou o Senhor seu Deus, vendo que eu os fiz ir em cativeiro entre os gentios, e os ajuntarei para voltarem a sua terra, e não mais deixarei lá nenhum deles.


29 Nem lhes esconderei mais a minha face, pois derramarei o meu espírito sobre a casa de Israel, diz o Senhor Deus.


Zacarias  14:3, 4
3 E o Senhor sairá, e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha.




4 E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.








BIBLIOGRAFIA
Norberth Lieth - 12º Congresso “ Renovada Esperança”
realizado em out/10 em Poços de Caldas.















































































sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

LULA CONTRIBUI PARA A NEGAÇÃO DA SOBERANIA DE ISRAEL

A alegação pela qual se tenta descrever os judeus como colonizadores estrangeiros na sua própria pátria  é uma das grandes mentiras dos tempos modernos.

A ligação entre o povo judeu e a terra de Israel não pode ser negada. A ligação entre o povo judeu e Jerusalém não pode ser negada. O povo judeu  esteve construindo Jerusalém  três mil anos atrás  e o povo judeu constrói Jerusalém hoje. Jerusalém não é um assentamento. É a capital de Israel.

Os jordanianos ocuparam Jerusalém oriental por 19 anos, impedindo que os judeus orassem no Kotel (Muro das Lamentações), até que no ano de 1967  os soldados israelenses libertaram Jerusalém Oriental.

Com a decisão do presidente Lula de manifestar apoio brasileiro a um Estado palestino com fronteiras anteriores a 1967, significa deletar um importante capítulo da História de Israel.

Na Guerra dos Seis Dias Israel evitou empregar armas automáticas e morteiros, temendo destruir os lugares sagrados.

"Ben Gurion, tão logo soube da entrada de seus soldados na Capital de Sion , dirigiu-se para lá indo diretamente ao Muro. Já se encontravam ali os principais dirigentes políticos e militares de Israel., Moshe Dayan, de uniforme de campanha e capacete de aço, investiu em direção a Ben Gurion  e o beijou, entre lágrimas. Lágrimas também corriam pela face repentinamente rejuvenescida  de Ben Gurion"; conta  Flávio Alcaraz Gomes, jornalista brasileiro presente no campo de batalha, em seu livro "Morrer por Israel", da Editora Globo, edição 1967.
- Este é o momento mais feliz da minha, desde que cheguei a Israel há 19 anos -  disse em prantos.


Os soldados ajoelhavam-se diante do Muro, o fuzil ou a metralhadora ainda a tiracolo, e choravam como meninos, beijando amorosamente as velhas pedras. Ben Gurion examinava a parede,  descobrindo, em sua extremidade esquerda, uma placa em cerâmica da Armênia, que os jordanianos ali haviam colocado batizando  a "rua do muro" com o nome de El Baracq, nome do cavalo que conduziu Maomé ao céu ...

Gurion, indignado, gritou:
- Um martelo ! Um martelo, por amor de Deus! Precisamos destruir este sacrilégio !
Um soldado acorreu  com sua baioneta  e começou a raspar a inscrição.

Cuidado ! - advertiu  Ben Gurion - Cuidado para não estragar o nosso muro!

Mil oitocentos e noventa e sete anos depois de terem  sido dispersados pelo mundo, os judeus voltavam a se reunir em sua cidade e com a última relíquia do seu Templo.

De uma forma ou de outra, os  sacrilégios continuam até os dias de hoje ...
Líderes de muitas nações querem varrer Israel do mapa mas não conseguirão, pois está escrito:

" Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que estão indignados contra ti (Israel); serão reduzidos a nada, e os que contendem  contigo perecerão "  (Is 41:11).

Amém !  e   Amém !



quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

MENSAGEM DE CHANUCÁ


 
Somente a D-us pertence toda a honra pela Sua maravilhosa providência para a salvação do Seu povo. NEle, certamente os milagres repetir-se-ão, trazendo para Israel uma extraordinária perspectiva de futuro.


A despeito de tudo e de todos, confiemos nas promessas do nosso D-us!


Que as luzes de Chanucá ilumine a todos em Israel e na Diáspora.


Chanucá Sameach !!!

video